A Casa Lar foi fundada em 2001 e vem prestando serviço de acolhimento em caráter gratuito e continuado a crianças e adolescentes de 0 a 18 sob medida proteção, conforme o Art. 101, VII do ECA. O Acolhimento institucional “[ ] são medidas provisórias e excepcionais, utilizáveis como forma de transição para reintegração familiar, ou não sendo possível, para colocação em família substituta, não implicando privação de liberdade”. A Casa Lar, portanto presta serviço de acolhimento institucional, preconizado no SUAS – Sistema Único de Assistência Social como Serviço de Proteção Social Especial (PSE) de Alta Complexidade. Cuja atenção, volta-se ao atendimento de indivíduos que se encontram em situação de abandono, ameaça ou violação de direitos, necessitando de acolhimento provisório, fora de seu núcleo familiar de origem. Visa garantir proteção integral a crianças e adolescentes em situação de risco pessoal e social e com medida de proteção de acolhimento determinada pelo JIJ e executada pelo CT. Enquanto,serviço orientado pela Política de Assistência Social, a Casa Lar deve ater-se na aplicação e, ou viabilização de três Seguranças Sociais, dirigidas tanto às Famílias de origem ou substituta, quanto às Crianças e adolescentes em situação de acolhimento.

Em 2012, foi criado o Grupo DNA da Alma, que busca, através da reflexão sobre o tema adoção, encontrar estratégias capazes de facilitar a busca de famílias para crianças e adolescentes com situação processual definida. Mais informações sobre o grupo, acesse www.dnadaalma.com.br